Not a member? Register now!
Announcements
Manga returns! Catch up with the details. Enjoy downloading, translating, and scanlating manga HERE legally!
Like us on Facebook, follow us on Twitter! Celebrate another year with MH and read our yearbook.
Manga News: Check out this week's new manga (6/30/14 - 7/6/14).
Forum News: Visit new sections for Nisekoi and Kingdom!
Translations: Gintama 501 by Bomber D Rufi , Bleach 586 by BadKarma
translation-needs-proofread

Oyasumi Punpun Volume 12

br
+ posted by Nintakun as translation on Aug 13, 2013 03:38 | Go to Oyasumi Punpun

Oyasumi Punpun, volume 12

PÁG. "A história até aqui"

OYASUMI PUNPUN
a história até o momento
Pégaso, o prodígio que se tornou a primeira criança a passar no teste esper, previu a destruição do mundo em um sonho que ele teve quando tinha 8 anos. Depois de um encontro com seu psiquiatra Wada, cujo QI é 300, os dois partiram numa jornada para investigar tal profecia. Em sua jornada, eles libertam espers hipnotizados através de suas batalhas cheias de harmonia, e então, Pégaso descobre que há um grande mal que nasceu da inconsciência geral. Ele também descobre que é descendente de um ser sagrado, cuja linhagem permite que o mesmo comande 12 majestosos guerreiros, fadados a lutar contra tais calamdidades.

Quadro: BOAS
VIBRAÇÕES!
Apesar de seus esforços, a grande calamidade escapa para a 25º dimensão e Pégaso cai no abismo do "Enigma". Entretanto, graças a ajuda dos majestosos guerreriso, Pégaso foi revivido e Wada diz a ele:
"Nós, os 12 majestosos guerreiros usaremos o tesouro proibido do ~Beijo vemelho~, que irá roubar nossas vidas, mas nos permitirá chegar ao mundo dos sonhos e atacar a grande calamidade!"

E então, iniciam-se as batalhas pela harmonia dimensional, que definirão o destino da humanidade...

Quadro: MEUS AMADOS...
Eu acredito em vocês mais do que posso!

PÁG. "Personagens"

Pégaso
O Iluminado comandante dos 12 majestosos.
Habilidade: Prever o futuro, ler mentes.

Wada (camarada solitário)
Gênio físico e antigo capitão da guarda real do reino do leste.
Habilidade: Inteligência sobreumana.

Pao Pao Channel
Ex-ladrão procurado. Graças a isso, virou um hacker.
Habilidade: Chave de braço da mongólia

Eco de volta
Participava da investigação ao encalço de Pao Pao Channel.
Habilidade: Telecinese

[Indo pro lado da direita agora]

Weekly Big Comic Spirits
O Capitão da frota armada do Monstro do Lago Ness.
Habilidade: Vento solene.

Princesa Boceta
Uma refugiada do Império da víbora.
Habilidade: Destrancar portas.

Amor Infinito
Apesar de trabalhar como o bobo da corte da trupe paranormal, ele é o filho e herdeiro da Fundação dos homens-mariposa
Habilidade: Mudar de forma.

Bunda de Hambúrguer
Uma colegial que perdeu as memórias ao ser possuída por uma espada amaldiçoada. Procura por sua família.
Habilidade: Rajada de martelo

Anjo Guardião Gibobogigi
Uma espadachim errante. 90% de seu corpo teve que ser reconstruído após ser derrotada pela Mancha negra.
Habilidade: Raio Cósmico de nível 3.

Mancha negra
Uma misteriosa mulher que se opõe a Pégaso e seus seguidores. Ela já foi uma cidadã qualquer antes de ser dominada pela inconsciência coletiva.

Grande Calamidade:
Um grande demônio que foi selado na última grande guerra. Ele atualmente vaga pela 25º dimensão planejando a destruição da humanidade.

[indo verticalmente da direita pra esquerda agora]

Contrário
Um mensageiro que viaja pelo mundo. O segundo dos três irmãos a jato.
Habilidade: Supervelocidade

Pouca bateria é um saco
Artista marcial revivido salvo da morte na última grande guerra há 1000 anos atrás.
Habilidade: 88 técnicas do Kung-Fu estilo louva-a-deus.

Porquinha Branca
Uma princesa confinada por 10 anos na masmorra Altai
Habilidade: Barreira de sangue puro.

Geladinho
Um órfão da vila sem fundo. Possui a habilidade secreta mais poderosa dentre os 12.
Habilidade: Mudança climática, Atirar projéteis.


PÁG. Índice

[Só botar índice e os capítulos como "Capítulo 122" e por aí vai]

PÁG.1

Capítulo 122

Haa

Haa
Haah
Haah

Haah
Haah
Haah
Haah

PÁG.2

Gasp!

Haah

Ahh...
Ahh...

Haah.

Haaa...
Hah...

PÁG.3

Arf..
Ahh...

A...
Ah...

M-MAS...
EU TE AMO, PUNPUN!

Eu te amo!
Muito!
Muito mesmo...

PÁG.4

AAAAH!

*Snif*
*Snif*
Uhh...

Eu...
Eu te amo...

PÁG.5

"...Aiko, essa falta de determinação não vai te levar a lugar algum."

T...
T...
Tá bem...

"Estou preparado pra aceitar tudo por você, então você deve me mostrar a mesma determinação. Tem que ser o bastante pra atolar esse garfo no meu crânio."

Eu...
Eu vou...

"Você precisa ser mais determinada, Aiko Tanaka."

PÁG.6

[Sem texto]

PÁG.7

E aí, Nanjou!

Mimura na área!
Chop! Chop! Haha!

...Sim, eu também.
Eu fiquei sabendo do que rolou entre vocês dois pela Kanie, mas...

PÁG.8

Eu ainda não consegui encontrá-lo nos lugares de sempre.
A locadora, o casa do credor, o mercadinho, as lojas... em todos os lugares!
Eu também procurei nesses lugares.

Será que ele conhece outra pessoa,
e ficaria na casa dela?

Ah...
Ele não tinha muito contato com nossos colegas do colégio...
Fala sério, é do Onodera que estamos falando.

Além de você e eu, ele mal tem amigos.
Quem mesmo ligaria pra ele?

Não é surpresa quando a gente lembra de como ele é.
Tipo, quem não anda por aí com seu celular hoje em dia?

PÁG.9

É...
Você tem razão.

Então, quando você falou com ele pela última vez?

Se eu não me engano,
foi na casa dele há uns 3 ou 4 dias.
Você tá preocupada demais.
Você sabe bem que ele gosta de bancar o solitário.

Hmmm...
Eu tenho um mal pressentimento quanto a isso.

Mimura!
O Punpun chegou a te falar algo estranho recentemente?

Não, sério...
Mas sinceramente, já faz tempo que não nos falamos. Andei ocupado com os estudos e o trabalho...

PÁG.10

Além disso, Nanjou...

Não é com você,
que ele mais se abre?

Pode parecer meio bobo dizer isso, mas sinto algo especial entre vocês dois.
Um laço inquebrável.

PÁG.11

Mas mesmo as coisas mais resistentes podem se quebrar quando uma rachadura aparece...

Sei que já perguntei antes, mas...
Por que vocês dois não tão namorando?

Haha, nós dois gamadinhos um no outro depois de tudo que aconteceu? Corta essa!

...Nanjou, até que você sabe ser uma gracinha de vez em quando.
Cala a boca!
Sfx: bonk!

PÁG.12

Bom...
Tenho certeza de que ele volta!
Até mesmo ele deve ter momentos em que deseja ficar só.

Você fala do seu amigo como se ele fosse um estranho...

É porque ele é meu amigo.
Não é como se ele fosse aparecer só porque estou procurando por ele, entende?
Eu acredito nele.
Ou melhor, não tenho escolha a não ser acreditar nele.

Mesmo se ele voltar da Tailândia depois de ter feito mudança de sexo, eu não me surpreenderia.
É esse tipo de relação que temos.
Eu respeito essa indiferença dele.
Mas ele é ele e eu sou eu. Só o fato de sermos amigos não muda o fato de que temos que seguir com nossas próprias vidas.

PÁG.13

Mimuraaa!

Kanjis no peito dele: Mimura

Entendo...
Mas eu não acho que consigo simplesmente ficar parada esperando...

Pra ser sincero, acho que sua preocupação por ele não é nem por gentileza...
É mais porque você quer proteger seu orgulho.
Mas sabe,
Eu acho que você está bem desse jeito, Nanjou.

Mas eu acho que quando o Onodera voltar,
você precisa ser mais sincera consigo mesma.

PÁG.14

De qualquer maneira,
ele vai voltar!

Eu não vou deixar que todas as memórias legais que tivemos juntos...
virem apenas memórias de dias que já se foram.

PÁG.15

Hmm
Mnn
Mmm...

Haa...
Hah!
Ha...

Hmm...

Ahhhn...

PÁG.16

Não...

Tô naqueles dias...

Hah...
Haa...

PÁG.17

Arf...
Arf...
Ah...

Ah...

PÁG.18

23 de Junho, manhã.

PÁG.19

[Página enche-volume]

PÁG.20

[E outra, como de costume]

PÁG.21

Capítulo 123

23 de junho, 4 da tarde.

PÁG.22

[Sem texto]

PÁG.23

Kyoto...
Não venho aqui desde a viagem da escola no ginásio..

"Eu... mal me lembro dos meus tempos do ginásio..."

Nem eu...

Não há ninguém daquele tempo...
de que eu me lembre ou ainda tenha contato.

PÁG.24

[Sem texto]

PÁG.25

...É certo ficarmos tão calmos assim?

"E por quê deveríamos nos preocupar?"

...Sei lá.

PÁG.26

PLACA: Associação de trabalhos artesanais presidiários.

Uuh...
Aahh..
Huff...

PÁG.27

...
...

...

Punpun...?
...

Kanji: CASTIGO
Huuh...
Huu...
Uhh...

PÁG.28

[Sem texto]

PÁG.29

[Sem texto]

PÁG.30

Acordou?

PÁG.31

Você precisa descansar...

Você tá com febre e a perna machucada.
Não se esforce tanto...
Você mal dormiu nos últimos dias, né?

"Estou com medo... vou acordar do meu sonho se eu dormir."

Hã? Não deveria ser o contrário?
Que estranho...

PÁG.32

Mas o que você...?

"Mais forte... mais..."

Mas se eu fizer isso...

PÁG.33

Você vai morrer.

"Isso, então faça com mais força!"

Pare de dizer essas coisas estranhas...
Por favor!

Se você me deixar sozinha,
o que eu faço?

Papel: Assinatura - Tarifa de aluguel - Fujikawa
Fujikawa (2 pessoas)

PÁG.34

E hoje pela manhã...
Em um distrito de Tóquio,

É onde eu moro!

A polícia recebeu uma denúncia de um caso de roubo.
O suspeito é descrito como um homem aparentemente entre 30-40 de óculos e cabelo comprido...

PÁG.35

Enquanto a polícia continua a investigar...
Eles alertam aos outros moradores do risco de outro inciden-

...aH..
Haa...

Aah-
HAAH...

Aah...
Aa...
Gah....
Aah...

"Aiko... você sabe, mas eu..."

PÁG.36

"Posso ser alguém negativo que só olha pra trás ao invés de planejar o futuro, mas eu sinto que posso correr mais rápido do que qualquer um no mundo agora."

Se você correr olhando pra trás, você não saberá se está correndo em direção a um abismo.

PÁG.37

[Sem texto]

PÁG.38

"Me espanto ao perceber o quão forte estou."

sfx: blam!

"Então, Aiko... obrigado por me trazer desespero."

Vamos.

PÁG.39

Capítulo 124

...Nanjou,
Eu te falei...
Seja mais honesta consigo mesma!

Caramba, Kanie!
Olha só quanta banha!
A vida é cheia de momentos em que você só percebe a importância de algo depois de perdê-lo!

Olá?

PÁG.40

Pessoas que eram próximas ao Onodera?
Hmmm, deixa eu pensar...
Eu não acho que ele falava com as meninas...

Sem surpresas...
Com esse jeito covardão dele...
Ah, mas você sabe, né...

Mesmo que ele não se destacasse muito na escola,
Não havia ninguém que falava mal dele também...

Ahh...
Aposto que a falta de autoconfiança que ele tem foi causada por algum trauma nos seus tempos de escola...

PÁG.41

A impressão que tive é que ele leva demais seus planos a sério...
E é bem teimoso também...
Parecia até que não sabia mentir.

Era disso que você gostava nele?
Oh, nada disso. Nunca gostei dele, é que...
Acho que só era eu querendo sentir um "momento adulto" logo depois de entrar no Ensino Médio...

Aí, tá ouvindo a sua irmã?
Olha ela aí quebrando a imagem de garotinha pura que você tinha dela.
Minha cara de quem liga.

Mas...
Depois daquele incidente, ele ainda falava comigo frequentemente, e de vez em quando nos reuníamos com nossos outros amigos...
Ele dava duro pra tentar fazer as coisas parecerem menos constrangedoras entre nós.
Então, resumindo, ele era legal...

PÁG.42

Ahh...
Então ele era desses...
Considerar assim só faz parecer o contrário.

Sem querer dizer que gosto de gente convencida demais, mas...
O Onodera tem uma autoestima tão baixa...
Acho que ele tem consciência do que ele é.

Seria melhor se ele humilhasse de verdade os outros.
Ser gentil pode ser ruim de vez em quando.

Haha, eu daria uns tapas nele se ele fizesse isso.

Oh...
Ele está se virando muito bem sozinho, sabia?

PÁG.43

Ele pode só fazer bicos, mas pelo menos ele se sustenta sozinho.
E nunca fica reclamando por aí.
Eu prefiro alguém assim do que alguém que tem talento e fica se exibindo.

Mas eu diria que você não quer que ele seja independente demais.
Afinal, você adoooora ter um bichinho de estimação pra depender de você, né?

E ainda pensando que ele era o único que entendia você.
Você adora controlá-lo, seja mimando-o ou dando bronca nele, dependendo do seu humor.
Você acha mesmo que consegue entender que tipo de pessoa ele é com essa atitude?

Sinto muito se você só consegue relacionamentos iludidos assim pelo seu orgulho.

PÁG.44

Então você tá dizendo que o Punpun se vira sozinho?
Não consegue nem ver a opinião dos outros?

Você sempre fica julgando demais as pessoas.
Você julga com uma perspectiva fraca! Só tô dizendo que isso é idiotice!
Falando nisso, não sou só uma balofa igual você sempre pensa...

Hmmm...
Aconteceu alguma coisa com ele?

Ah...
Não, nada...

Vocês estão namorando, não é, Sachi?

PÁG.45

Hã?
Misuzu, cadê o seu pai?

PÁG.46

Ah, ele deve estar ocupado xavecando a mulherada na reabilitação.

PÁG.47

Ele melhorou bastante nos últimos meses...
Ele tá até mais tagarela que antes. Tá começando a me dar nos nervos...

...Nem quando eu era pequena ele falava tanto.
Os médicos disseram que ele não vai poder andar de novo.
Mas acho que já está de bom tamanho só por ele ainda estar vivo...

Ah, e antes que pergunte,
Foi o Onodera que trouxe esses Gatos da sorte.
Não sei de onde ele os tirou, mas ele vem umas 2 ou 3 vezes por semana pra deixar alguns aqui.

Ah...
Então ele vem aqui sempre?

Sim.
E ele sempre usa o computador do escritório pros estudos.

PÁG.48

...Então ele ainda não voltou?
Eu estou procurando por ele...

Espero que ele volte logo.
Meu pai sente falta dele.
Aqui, a chave da casa dele.
Ah, obrigada.

Se algo parecer estranho lá, não tenha medo de chamar a polícia.
Ele tem o teste de técnico de informática pra fazer em breve, sem falar nos cursos que faltam pra ele tirar sua licença.
Não podemos deixar que ele se perca num incidente numa fase tão crucial de sua vida, podemos?

Certo...

PÁG.49

Ele é teimoso demais.
Sabia que ele andou tentando estudar escondendo o quão duro estava estudando?

Haha, não dá pra esconder o esforço. Já endo até se consigo arrumar uns contatos pra conseguir uma entrevista pra ele.

Falando nisso, me lembrei.
Ele deve ter recebido o resultado do último teste dele.
Prometi que compraria um computador novo pra ele caso passasse.

Ah..
Eu não sabia.

Bom, você tava bem ocupada com o seu mangá.
Acho que ele não te contou porque não queria te atrapalhar.

PÁG.50

[sem texto]

PÁG.51

Mas afinal...

O quê eu sei sobre o Punpun?

PÁG.52

Ah-

Papel: Teste de proeficiência.

PÁG.53

Sfx: click!

PÁG.54

Mas o que...
O que esse danado andou fazendo?

PÁG.55

24 de junho, 6 da tarde.

*bip*
*bip*
*bip*

*bip*
001 Midori Ookuma

...Mas que cafajeste.

PÁG.55

[Página enche-volume, mas... Sachi... *chora*]

PÁG.56

[vamos lá ver essa busca continuar]

PÁG.57

Capítulo 125

25 de Junho, 3 da tarde.

Desculpe, deve ter sido uma longa viagem até aqui, mas não faço ideia de onde ele possa estar...

PÁG.58

Que nada, eu que deveria estar me desculpando por vir sem avisar..
Ah...
De qualquer modo, por que não se senta?

Entendo...
Então ele tava usando esse celular agora...
Ele nunca atende quando ligo, então pensei que ele não usava.

Você é uma amiga do trabalho dele?
Como é o seu nome mesmo?

Ah...
Nanjou.

PÁG.59

Bom, Nanjou...
Não acha melhor que o celular fique com você?
Eu duvido que ele vá vir aqui só pra buscar o celular...

Midori...
Por que a gente não manda o telefone de volta pro apartamento dele?

A amiga dele tá dizendo que ele não tem passado em casa.
E muito menos ido trabalhar...
Tô meio preocupado.

Esse garoto não gosta muito quando nos metemos na vida dele...

Eu aposto que ele está bem.
Punpun é um rapaz esforçado!

PÁG.60

Hmmm...
Vocês têm conversado com ele ultimamente?
A última vez que meu marido ligou pra ele foi no ano novo, então já faz uns 6 meses...
Ele pareceu ter ficado feliz quando soube que eu estava grávida.

Verdade...
Sua barriga tá bem grande...
Sim, a data prevista do parto é na semana que vem.

Mesmo que eu não consiga cuidar da loja por um tempo depois do parto, ainda penso em expandí-la...

Adoraria que você e o Punpun viessem nos visitar de novo quando ela estiver funcionando.

Gerente, telefone pra você!

PÁG.61

Desculpe pela minha mulher.
Pode ser meio difícil lidar com ela.
Ela é dessas pessoas que pensam que o mundo gira em torno delas.

Mas isso é também por ela conseguir lidar com várias coisas sem dificuldade. É incrível...

...Nanjou.

Você...
Não é simplesmente só uma amiga do trabalho do Punpun, não é?

PÁG.62

Pra falar a verdade...

Eu me apeguei a ele por razões puramente egoístas.

Sinto muito por não fazer ideia de onde encontrá-lo.
Mesmo sendo parente dele, nossa relação sempre foi meio rasa...

PÁG.63

Quando fui à casa dele, haviam roupas de mulher e uns lençóis manchados de sangue.
E dentro do lixo tinha vários lenços sujos de esperma.

Você vasculhou a casa dele?

Eu até cheirei os lenços.
Sou estranha, não?

Até que é.
Mas ao mesmo tempo, achei louvável.

PÁG.64

Chegamos...
A casa onde o Punpun morou até o ginásio.

PÁG.65

Placa: Aviso de plano de obra.

A casa não era tão velha assim.
Mas como dizem: pra fora com velharia, que venham as novidades...
Aposto que a casa que será construída aqui abrigará uma família feliz.

Hmmm...
Por que me trouxe aqui?

Parando pra pensar...
Os poucos anos em que Punpun e eu vivemos juntos foram felizes.

Mesmo que soubéssemos que isso não seria eterno...
Ou por sabermos que era só temporário...
Nós dávamos o nosso melhor para tentar ser uma família feliz.

PÁG.66

Mas agora que encontrei a "paz" com minha nova família, sou apenas uma casca.
Dia após dia agarrado a uma coisa conhecida como esperança.
Porém, não pretendo negar meu destino. Parte de mim desejava isso, afinal.

Sinceramente...
Não ligo para o que o Punpun esteja fazendo, seja lá onde ele estiver.
Contanto que ele mesmo tenha feito essa escolha.

Pra você ver...
Eu o entendo!
Eu sei o que ele realmente deseja!

PÁG.67

Apesar de ele ser indiferente e reservado atualmente..
Ele costumava ser um menino bem falante que demonstrava emoções abertamente.

Se você pretende aceitar o fardo de se tornar parceira dele,
Precisa aprender mais sobre o verdadeiro Punpun...

Especialmente porque...
Você é exatamente como a mãe dele!

Quando liguei no ano novo, ele me disse que havia alguém que ele queria me apresentar.
Essa pessoa era você, não era?

PÁG.68

[me bateu uma nostalgia ao lembrar dessas cenas...]

PÁG.69

[*chora*]

PÁG.70

...Como?
Você tá grávida?

PÁG.71

Pois é... foi mal por demorar pra avisar.
Não precisa se desculpar. Meus parabéns.

Mas confesso que acho isso um pouco preocupante.
O editor-chefe se interessou no seu one-shot da edição que vai à venda amanhã.

E ele me mandou perguntar se você gostaria de transformá-lo numa série de 2 volumes...

Eu...
Eu adoraria...

PÁG.72

2 volumes em mais ou menos 6 meses...
...Então quer dizer que tenho que me apressar.

Eu tenho mais falhas que os outros.
Por isso, o único jeito com que consigo me igualar a les é com esforço.

Tenho que dar o meu melhor.
Vender muito com o meu mangá.
E finalmente ser normal.

PÁG.73

...mas.

Quando isso acontecer...
Com quem posso dividir minha felicidade?

Argh...
O cabelo tá na frente...

PÁG.74

Bilhete na lata do lixo: Papai Punpun.
Distrito de Iwaki, Fukushima

PÁG.75

Capígulo 126

Papel: saldo bancário

PÁG.76

Veja um alfinete e pegue-o.
E boa sorte terá.

Veja um alfinete e deixe no chão.
Má sorte você terá de montão...

PÁG.77

"...Acho que teremos que dormir no carro por algumas noites."

E o meu beijo?

"Perdão."

Você sabe essa não é a resposta.

26 de junho, 5 da tarde.

PÁG.78

26 de junho, noite.

Chovendo de novo...

PÁG.79

... tá sempre chovendo.

...Dá nem pra ver as estrelas.
...Dá tristeza olhar pro céu e não ver nada...

PÁG.80

27 de junho, manhã.

Huuh
Huuh
Huu..

Huuh...
Haah...

PÁG.81

Ahh...
Ahhh...

Haah...
Ahhh...

Hahaha!

PÁG.82

[sem texto]

PÁG.83

"O que você tá fazendo?"

Escrevendo meu desejo pro Tanabata.

"Que besteira. Para com isso."

"...que bolsinha tosca."

PÁG.84

Nuuh...
Ah...
Hmm...

"...Anda logo. Não tô com humor pra isso."

PÁG.85

Espera um pouco...
Tô tentando pensar...

"...Aiko."

Papel: Eu quero ser astrônomo
Akio Maezono

"Eu disse pra parar."

PÁG.86

NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO!!
NÃÃO!
PÁÁÁRA!

*sniff*
Uhh...

sfx: plah

PÁG.87

"Não se preocupem. É só uma briga normal de casal."

PÁG.88

"Parem logo de ficar nos encarando, seus montes de merda."

PÁG.89

*Clak*
[Em todos os balões dessa página. Não vou ficar redigitando isso]

PÁG.90

...Punpun.

Suas costas estão queimando...
Tá com febre de novo?

Você deveria dormir...

Tela: Busca - Imagens - Play
prisão por assassinato
web - Imagens
cerca de 510,000 resultados (0,26-

Já estamos quase em Kagoshima agora...
Vamos arrumar um bom lugar pra dormir lá.

PÁG.91

"...Aiko."
*Clack*

Tela: [mesma coisa no banner do google]
Assassino À solta
Web - Imagens - Mapas - Compras
Cerca de 3,620,000 resultados (0,26 segundos)

"...O que exatamente estou fazendo neste lugar?"
*clack*

Punpun...
Você não pode me deixar sozinha...
Não morra...

Tela: Métodos de suicídio

"É sério mesmo... que eu matei alguém?"

PÁG.92

O número 20 chegou.
O trem número 177 para Sendai vai partir!

Bilhetes: Tóquio - Fukushima

PÁG.93

Capítulo 127

28 de junho

PÁG.94

sfx: vruuum

PÁG.95

Placa: Asilo

PÁG.96

O sr. Punyama?
Ele tá andando com um dos nossos internos agora, mas já volta.

Ô SEU PUNYAAAAMA!
Tem visita pra você!
Uma moça que veio lá de Tóquio!

PÁG.97

Ah, olá!

O Yuuichi já me disse os detalhes.
Então o Punpun não voltou pra casa...

...Você parece uma namorada bem esforçada.
Deve ser difícil viver junto nessa idade.

Ah, na verdade...
Bem...
Pois é, acho que sim...

PÁG.98

Talvez ele esteja viajando pra bem longe?
Mesmo assim, ele jamais viria até mim.
A gente não se vê desde quando a mãe dele morreu...
...Por quê será? Acho que ele me odeia...

Mas tenho que dizer...
Meu garotão deve estar muito bem só por já ter uma menina linda que nem você como namorada, Nishimura.
Ah...
É Nanjou.

Oh, é mesmo.
O Yuuichi me disse que você queria saber mais sobre o Punpun quando ele era criança.

Se não se incomodar...
Mas é claro que não. É que a minha memória não anda muito boa, sabe...

PÁG.99

Pois bem... O Punpun costumava ser bastante alegre e falante quando criança.
Talvez eu seja suspeito pra falar por ser pai dele.
Mas ele parecia mais esperto e maduro que as outras crianças de sua idade...

Olha...
Por essa eu não esperava.

Nishimura.
Minha casa é logo atrás desse prédio.
Você veio lá longe de Tóquio. Por quê não passa lá e eu continuo a história.

Ahh...
Haah...
Huuuh...

PÁG.100

Uuuuh...

Uuuh...

Ahh...
Ah...
Uhh...

PÁG.101

Licença, eu gostaria de fazer minha compra!

Sachi Nanjou
balão: o mais novo trabalho de nossa iniciante

Ahh...

Hmm...
Urrgh...

AARGH!
AAAARGH!

PÁG.102

EI!

E VOCÊ SE CONSIDERA UM EMPREGADO!
NÃO VÊ QUE TÔ COM PRESSA?!
Perdão, mas estamos com problemas com a distribuidora.

Perdão, mas eu gostaria de comprar isso, mas não tem ninguém no caixa!
Posso comer esses ovos cozidos?

Ah..
AAAAAH!
Pelo amor de deus...

PÁG.103

"Ei..."
Hã?

"...Esse mangá é interessante?"

Ah, esse aqui?

Que nada, é bem chato.
Esses personagens são tão rasos.

TÁ BEM! CHAME O GERENTE!
Dá pra alguém me atender nesse caixa!
AAAAAH!!

[comentário: Caramba, o cara tá lendo Solanin (se vocês ainda não leram, POR QUÊ?)! Então seria a Sachi a inserção do Inio Asano na história?]

PÁG.104

[Sem texto]

PÁG.105

Perdão, isso aqui tá uma bagunça.
Sente onde quiser.

PÁG.106

Hmmm...
Não precisa-
Onde eu coloquei os biscoitos...

Punyama!
Você tá aí?

PÁG.107

Hã? Quem é ela?

Ah, é namorada do Punpun.

...E o que ela faz aqui?
É uma longa história, haha...

Ah, deixe que eu os apresente, Nanjou.
Esses são meus amigos de pescaria.
Olá!
Ei, o que há!?
Nos apresente direito! Pelo menos fale nossos nomes!

PÁG.108

Olá, crianças.
Mas são uma graça.

Ah-
Elas correram!

O que houve? Será que ficaram com vergonha de ver uma moça tão bonita?

Ei, Nanjou...
Meus amigos aqui e eu somos divorciados.

PÁG.109

Meu trabalho atual e o aluguel dessa casa...
É tudo graças a esses caras.

Nós sempre nos reunimos à noite quando temos tempo livre.
Punyama...
Você deveria ter dito que tinha visita. Iríamos trazer mais cerveja...

Mas bem... Em todo caso.

UM BRINDE!

PÁG.110

Hmmm...

Ei...
O que você quer?

PÁG.111

Capítulo 128

"...Não é legal jogar latinhas no chão."

Ah...
Foi mal, cara.

PÁG.112

Punpun?

"...Não há porque pedir desculpas a mim."

Hein?

PÁG.113

"Não é o pedido de desculpas que importa, é você perceber o quanto esse tipo de atitude prejudica a todos."

...Bom, a lata de lixo na loja tá quase sempre cheia até a boca.
Eu já falei pro dono da loja algumas vezes sobre isso, mas ninguém faz nada.
Já que obviamente é culpa da loja...
Não acha que eles que deveriam cuidar disso?

"...Você não conferiu a lixeira dessa vez, não é?"

Como eu disse, tá "quase sempre" cheia até a boca.

"Mas você não olhou hoje, certo?"

Hmmm....

PÁG.114

Tá bem, saquei.
Então, por quê a gente não volta pra ver se está cheia ou não?
Como você disse, talvez ela não esteja cheia hoje.
Mas, se voltarmos e ela estiver cheia, espero que você admita que ficou me criticando sem fundamentos.

E sendo assim, acho justo que me peça desculpas.
Afinal, você não só me ofendeu, mas como também me fez perder um valioso tempo.

"Chega de desculpas. Não consegue nem jogar uma lata fora sem reclamar?"

PÁG.115

E por que você tá pegando no meu pé com esse senso de justiça?
Tipo, com tanta gente naquela loja...
Você tá me marcando, sendo que tem gente ali causando bem mais incômodo.

"Não tente mudar de assunto."

Ah, entendi.
Olha só, eu acho que vou lá jogar isso na lixeira perto da máquina de refrigerante.
Não tem como você reclamar, né?

Mas antes que eu vá, quero que pense sobre uma coisa.
De todos naquela loja, incluindo eu e você...
Quem era o indivíduo mais estranho?

"O que está querendo dizer?"

PÁG.116

Não tô tentando dizer nada.
Só quero fazer você perceber algo.

Mas que seja...
Isso tá virando idiotice, só digo isso...

Eu paro pra pensar...
Como gente como você vive bem enfiam suas noções distorcidas de certo ou errado goela abaixo dos outros?
Isso me incomoda tanto que eu fico mais deprimido do que irritado.

PÁG.117

"Você se acha demais, não é?"

Ô, qual foi?

"Pessoas como você me irritam profundamente."

"Eu disse que pessoas como você me irritam profundamente."

PÁG.118

Folhas de bambu sussurrando, sussurando~
Perto do telhado, Bamboleando, bamboleando~

Ahaha! As crianças são ótimas!
Isso é uma peça da escola deles?
Sim, a Kaede tem o papel principal,
mas o Tenma faz a estrela cadente!

Vixe...
Cutuquei a ferida...

Ei, qual é o problema em ser uma estrela cadente?
Eu acho bem legal!

Olha só, parece que ele gostou de você!
Crianças são tão gentis...

PÁG.119

OH!
Me lembrei...

Eu acho que foi quando o Punpun estava na 2º série...

Não foi a primeira vez que ele sumiu...

Nessa época, ele estava atrás de uma estrela cadente.
E a polícia da cidade vizinha o encontrou.
Aquilo assustou todo mundo, me lembro bem...

Havia um menino chamado Watanabe, que era o melhor amigo de Punpun naquela época.
E aparentemente...
Ele contou aos amigos que pegou uma estrela cadente.
Mas era só uma daquelas histórias bobas que crianças costumam contar, mas...

PÁG.120

AAGH!
SFX: PAH

PÁG.121

Na minha opinião...
Punpun não queria achar que seu amigo era mentiroso...
Então, assim que ele soube que ia ter chuva de estrelas cadentes...
Os dois decidiram ir lá pegá-las.

E no meio do caminho, eles devem ter se perdido.
E Punpun acabou na cidade vizinha.
Enquanto isso, o Watanabe vou atropelado por uma moto num cruzamento antes de ser achado pela polícia.

AAH!
Huuh!
Huuh!

AAH!
GAAH!
UUUGH!

PÁG.122

WAAAAAAAAAAH!!

Mas o pior foi evitado e o garoto não se machucou muito.
Mas ele teve que se afastar da escola por um tempo.
Daí, Punpun ficou bem depressivo...
E se culpou pela história toda.

Punpun...

PÁG.123

SFX: GAH! GAH! GAH! PAH!

Com medo de que machucasse mais alguém...
Meu filho ficou bastante quieto e reservado com dificuldade de expressar seus sentimentos...
E desde então, ele sempre teve poucos amigos...

PÁG.124

Ele era uma criança tão gentil...
E um garoto tão delicado...
Mas sabe...
Nesse mundo existem obstáculos que a gentileza por si só não pode vencer...

PÁG.125

Eu deveria tê-lo ensinado...
Que para viver feliz, as pessoas precisam ter um ouco de egoísmo...
Um pouco de irresponsabilidade é o necessário para sobreviver neste mundo.

Mas ele é tão teimoso que quando decide algo, não há nada que o convença do contrário...

Eu estava errado?
Sim, estava.
Se não, por quê mais eu estaria arrependido agora?!

Mas afinal...
Pra quê serviu minha vida...!?

Ei, vamos lá!
O que deu em você hoje? Tá todo chorão!
Você raramente fala do seu passado com a gente!

PÁG.126

PUNPUN!
NÃO!
POR FAVOR, PARE!

Vamos...
Vamos ir embora, tá?

Haah

Huuh
Huuh

PÁG.127

Huuh

Huuh

Huff
Huuh

HAAH

PÁG.128

AAAAAAH!

Haah
HAA
HAA

PÁG.129

[Página enche-volume que colorida ficou belíssima na revista]

PÁG.130

[Não, eu não contei a versão colorida da scan, é a preta com desenho dos carros mesmo]

PÁG.131

CAPÍTULO 129

Hã?
Podemos te levar, se quiser. A estação é bem longe daqui.
Esse cara aqui tá sóbrio, então ele dirige.

Não, tudo bem, eu chamo um táxi.
Ah, então tá bem.
Devo acordar o Punyama pra se despedir?

Não precisa...
Eu me sinto meio culpada por fazê-lo trazer memórias tão dolorosas à tona...

Ah, não ligue...
Ele deve esquecer tudo amanhã de manhã.
Esse cara é sempre assim...

PÁG.130

"Estou mais feliz agora."

PÁG.131

Kanie, você se considera minha amiga, né?
Pode fazer um favorzinho pra mim?
Pode me ajudar com os cenários do mangá nesse fim de semana?

Hmmm, tá bem...

Então?
Como foi em Fukushima?

PÁG.132

Olha...
Acho que eu sou a pessoa que deve proteger o Punpun.

Ha!
Então é assim...

PÁG.133

[Sem texto]

PÁG.134

Consigo ouvir o trem...

Vamos andar...
Eu quero sair dessa cidade antes que o último trem de hoje parta...

"...Aiko."

Hã?

"...Eu só estava tentando assutá-lo. Foi ele que tentou me atacar primeiro com o bloco de concreto."

PÁG.135

"Se eu não tivesse feito isso, ele teria me matado... era por isso que eu estava agindo tão estranho."

Punpun...
você tem estado bem estranho...

"...Não, o mundo inteiro que é estranho."

PÁG.136

Bom...
Minha mãe costumava dizer a mesma coisa...

PÁG.137

Assim que as lojas abrirem, vamos arrumar um lugar pra ficar...
Eu quero descansar direito e trocar de roupa...

Tô cansada...
Levou tempo...
Mas finalmente chegamos em Kagoshima.

PÁG.138-139

[Bela paisagem urbana pra apreciar]

PÁG.140

Olha, acho que você tem que morrer quando a sua hora chegar.
É por isso que eu faço o que quero na juventude, economizar um bocado e gastar tudo lá pros meus vinte e poucos anos!

Foi mal, preciso ir agora.

Até amanhã!

PÁG.141

Aiko...

Não se preocupe
mesa: a pessoa que sentar aqui terá má sorte para sempre.

Darei o meu melhor...

Desde que esse sonho se torne realidade...
Não me importaria se morresse agora mesmo.

PÁG.142

Punpun?

PÁG.143

[Sem texto]

PÁG.144

PUNPUN!

Eu disse pra não sair por aí sozinho...
No que estava pensando ao deixar sua mochila e a carteira pra trás?

"Eu que deveria dar bronca em você. Você sabe muito bem que deveria estar descansando."

No que você tava pensando?

PÁG.145

Tanegashima?

*Risos*

Sim...
Vamos até lá.

AHAHAHA
HAHAHA
HAHAHA!

PÁG.146-148

Placa: Sala de espera - Enseada Ibusuki

PÁG.149

[Sem texto]

PÁG.150

[Enche-volume]

PÁG.151

[E de novo...]

PÁG.152

CAPÍTULO 130

PÁG.153

[Sem texto]

pág.154

29 de Junho, meio-dia.

PÁG.155

Punpun, na época do primário...
Você escreveu uma redação sobre virar um astronauta, não foi?

Isso me traz lembranças...

PÁG.156

Eu me pergunto...
E se o menor deslize tivesse nos dado um destino totalmente diferente...

"Pra quê ficar falando de possibilidades e incertezas agora?

Foi mal...

PÁG.157

[Sem texto]

PÁG.158

"Você é linda de morrer, Aiko."

PÁG.159

[Sem texto]

PÁG.160

Eu...
Eu amo essa vista.

PÁG.161

Eu quero tentar viver nessa ilha.

Viver uma vida livre.
Em um lugar cercado pela natureza...
Eu sei que se sustentar assim vai parecer mais difícil do que faço soar,
mas se trabalharmos juntos...

PÁG.162

Até mesmo um barraco está de bom tamanho. E se tiver um jardinzinho...
Então podíamos tentar plantar nossa própria comida e sermos autosuficientes...

Raramente nos envolvendo com os outros..
Apenas vivendo juntos no mar...

PÁG.163

[Sem texto]

PÁG.164

Olha!

PÁG.165

E se tivéssemos um filho...
Eu iria querer que ele tivesse uma vida livre, sem ter que se amarrar a nada.

PÁG.166

Mas pensando melhor...
Seria melhor se não tivéssemos filhos.

Seria trágico repetirmos o mesmo erro...

"Eu já falei, não adianta falar de possibilidades e incertezas."

Desculpa...

"Mas..."

PÁG.167

"Mas eu acho que seria ótimo termos um momento pra falarmos dessas coisas, não importa o quão inútil seja..."

"Eu me sinto muito feliz agora. Sou grato por ter te conhecido nesta vida."

PÁG.168

"Obrigado."

PÁG.169

[chorei]

PÁG.170

CAPÍTULO 131

PÁG.171

[Sem texto]

PÁG.172

[Sem texto]

PÁG.173-174

[Sem texto]

PÁG.175-176

[Sem texto]

PÁG.177-178

[Sem texto]

PÁG.179-180

[Sem texto]

PÁG.181-182

OYASUMI PUNPUN 12
Inio Asano

PÁG.183-184

[Sem texto]

PÁG.185

[Sem texto]

PÁG.186

...Punpun.

PÁG.187

Eu...
Vou ser morta aqui?

"...Sim."

PÁG.188

CAPÍTULO 132

Então...
Acho que não há escolha, certo?

"Saiba que também estou ao meu limite."

"Se você não quer ser deixada pra trás, essa é a melhor opção."

PÁG.189

Punpun...
Vamos transar.
Por favor.

Haah...
Haa...
Haah...

PÁG.190

Huuh
Aaah

"Não se preocupe. Logo eu me juntarei a você..."

Ahh
Haah

Ahhh
Uhhh
Ahh

Aghh-
Ahh...

PÁG.191

Eu...
Eu não quero morrer...

Eu... não quero morrer...

"Por quê você diz essas baboseiras?"

Aaah...
Haah...

"Se não quer mesmo morrer, então saia de perto de mim agora mesmo!"

PÁG.192

Mas se eu for a algum lugar sozinha...
Você vai se matar, não vai?

Eu poderia jurar que você tem tido vontade de se matar...
Mas você não pode, Punpun. Não...

"Eu não preciso que se preocupe comigo. Já aceitei meu destino."

Haah...
Uuh...
Haa...
Haah...

"Eu joguei tudo fora na minha vida pra salvar a pessoa que amo. Eu não poderia ter tido uma vida mais significativa do que essa!"

PÁG.193

Não...
Isso não justifica...
É uma crença desonesta...
Não é normal querer acabar com tudo repentinamente...

Você precisa continuar vivendo!
Não importa como...

...Acredite em mim!
Haverá uma hora que vai agradecer por estar vivo...

"Não há futuro promissor para um assassino."

PÁG.194

Você...
Não é um assassino, Punpun...

Depois que você enforcou minha mãe,
e foi atender o entregador...
Minha mãe recobrou a consciência e tentou levantar...
Então usei a faca de cozinha que estava na minha mão pra...

"Você está mentindo!"

PÁG.195

E a esfaqueei...
A esfaqueei até que não pudesse mais se levantar!

"VOCÊ ESTÁ MENTINDO!"

Sinto muito...
Sinto muito por não ter te contado até agora...
Eu estava tão assustada que não conseguia falar...

...Mas agora que você sabe, você pode voltar a ter uma vida normal...
Eu não vou atrás de você...
Eu vou lidar com tudo sozinha, então...

PÁG.196

"Você está mentindo. Eu sou o assassino!"
Não...
É verdade...
Você não fez nada de errado...

Você...
não fez nada...

VOCÊ ESTÁ MENTINDO!

PÁG.197-198

Eu que me tornei uma assassina...
Você só estava do meu lado...

PÁG.199-200

Eu sinto muito...
Muito mesmo...
Mas estou feliz...
Estou feliz por finalmente poder dizer...

PÁG.201

[Sem texto]

PÁG.202

[Sem texto]

PÁG.203

Eu vou ficar nessa ilha...
Não vou à polícia.
E você, o que vai fazer agora?

"Você sempre rouba tudo de mim."
...Eu também acho.

PÁG.204

"Querido Deus, Querido Deus, brilha-brilha lá no céu."

O que é isso?

"É uma reza que faz Deus aparecer à sua frente. Meu tio me ensinou quando criança."

"Me pergunto quando foi que percebi que falar com Deus era nada mais do que falar sozinho."

Como eu poderia saber disso...

"Aiko, vamos nos casar..."

PÁG.205

Punpun...
Você é tão estranho.

Vou te dizer...
Seria ótimo se tudo sumisse do nada...

PÁG.206

[Página enche-volume]

PÁG.207-208

[E outra, que colorida na revista tava linda]

PÁG.209

[E outra, veja só]

PÁG.210

CAPÍTULO 133

ENTRETANTO...
Permitam-me alertá-los...
O mundo não irá a encontro de seu fim...

Vejam...
O grande mal da mancha negra, que se alimenta das desilusões das pessoas...
Foi superado pelo meu poder...
E ao meu lado, estavam nada mais, nada menos que duas palavras especiais de confiança dos meus parceiros...

PÁG.211

E agora, é minha vez de retribuir.
Confio em vocês, meus amados.
Vocês merecem um futuro esplêndido.
E agora, devo me retirar, deixando meus cumprimentos...

E a frase especial de esperança...
"Boas vibrações."

Pégaso...
Acho que deveríamos começar mais cedo...

PÁG.212

Tem vezes que fico espantado...
Você pensa de uma forma simples demais.

Mas ser livre de desconfiança pode ser uma boa fonte de força, não é...

Wada...

Eu agradeço a sua orientação.
Mas mesmo assim...
Você acha mesmo que que não sei dos seus verdadeiros planos?

Ora, ora...
Você pode mesmo ser considerado um deus.

PÁG.213

30 de Junho, meia-noite.

Seki...
Que bom te ver.

PÁG.214

Estávamos esperando aqui pra não ter que quebrar sua porta.
Isso não é ótimo?

GAHH!

A gente não tem nada contra você...
Mas isso é pelo chefe, entende?
Pra ser sincero, acho que não existe nada mais deplorável que um homem fazendo um estardalhaço por um orgulho que não existe...

PÁG.215

Sua família cuida de uma lanchonete, né?
Seu pai também era um homem patético.
Acho melhor não se meter no passado dos outros.
Já fazem mais de 10 anos que ele trabalhava lá.

Você deveria ter sido um bom menino e continuado os negócios da família.
Mas acho que seria impossível, você tem medo de fogo, né...

Ah...

Você trocou o fogão da cozinha da sua namorada por um forno elétrico, né?
Cê teve algum trauma de infância envolvendo fogo?

Haha!
Você tá igualzinho ao meu cachorro agora...
O que acha de marcarmos a sua cara com o forno elétrico, hein?

PÁG.216

Que bela ideia!
Vão em frente!

Seki...
Tentar bancar o fodão nas horas erradas só vai lhe custar...

Que seja, vamos logo então...
Melhor apertar os dentes!
Vamos acabar com isso enquanto ainda é noite.

Mas olha...
Ao invés disso, me matem logo, por favor!

PÁG.217

"Ei! Quando posso ler o próximo capítulo!? Posso trazer alguns amigos da próxima?"

"Hoje foi uma exceção. Não costumo mostrar meus rascunhos pros outros... Mas não é como se eu já tivesse completado algum dos meus mangás..."

Ô, GAROTO!
Quer brincar com os mais velhos?
Ahh, nem adianta chamá-lo.
Ele finge ser durão, mas é bem tímido.

"Você é o filho do dono da Lanchonete, né? Minha mãe trabalha nessa fábrica também, então acho que vamos nos encontrar mais vezes."

PÁG.218

"Bom... Eu e você já seremos adultos quando eu terminar esse mangá."
"Então eu vou herdar a loja do meu pai quando crescer, e vou esperar o quanto for necessário!"

"EU PROMETO!!!"

PÁG.219

...Verdade.
Ela estava lá quando fomos até a fábrica...
Por quê eu não falei com ela?

Falar...
Acho que ela nem devia saber quem eu era...
Desde quando a fábrica faliu...
Minha vida chegou ao fundo do poço.

Nada dando certo.
Uma vida de merda que nem valia a pena acabar...

...Foi mal, Shimizu.
Mas por algum motivo, mal me lembro de você daquela época...

PÁG.220

É...
Acho que é tarde demais...
Chega de ser amarrado pelo passado...

Eu...
Eu só quero ir a algum lugar bem longe...
Não ligo se for em outro país.
Só quero que não seja aqui...

Shimiiiiiizu!

PÁG.221

Você tá indo na casa daquele maluco tão cedo?

Não se envolva mais do que isso. Tô preocupado.
Esse é meu último aviso.
Eu não sei quais são os ideais desse grupo, mas brincadeirinhas não vão mudar nada nesse mundo.

Vou começar a trabalhar num lugar onde tudo que tenho que fazer é apertar um botão.
Não faço ideia do que faz esse botão, mas pressinto que vai começar algum incidente.
Então, que tal a gente meter o pé dessa cidade e irmos pro Tibet virar monges?

PÁG.222

Você sempre me diz que isso é pelo meu bem, mas...
No fim, você só pensa em você mesmo...

Eu...
Eu já decidi que serei útil para outra pessoa.

Entendo...
Até mais então, Shimizu!

MAS-

PÁG.223

Errr... Tchau.

PÁG.224

Placa: Wada

Sr. Wada?
Cheguei na hora marcada, como pediu...

Caderno: Para Seki.

Hmmm...

PÁG.225

Placa: O Ajudante vem toda terça, quinta e sexta às 13h
Placa: Banheiro

Poderia ligar a TV pra mim?
Não sei aonde o Akinori foi...

Ah...
Claro.

Ah.
Tá bem aqui...

Por favor...
O Akinori sempre liga pra mim.

PÁG.226

Hmmm...
Você é a mãe do Sr. Wada, né?

Akinori tirou 10 na prova de ontem.

Você pode ir agora.
Eu não sei quem é você, mas obrigado.

Ah-

PÁG.227

Então o tal botão...
Era só ligar a TV pra velha?
É só isso que tenho que fazer toda manhã?

Pera, pera, peraí!
Não é possível que ele pagaria tanto só pra eu fazer isso.
Tem coisa aí.
Placa: Primeira classe - Akinori Wada

Ah...
Haha...
Que merda...

PÁG.228

CAPÍTULO 134

O mundo que você vê agora...
Não é um que se estagnou ou se fechou.
Mas um que já está completo...

E que quanta ganância da parte de vocês ao desejar um novo mundo...
Mas eu gostaria de recompensá-los por isso.
O declínio da era do individual, e o início da era do coletivo...
Expondo com outras palavras...

Agora mesmo, este mundo...
ESTÁ RUMO AO SEU CLÍMAX!

PÁG.229

Meus amados...
Vocês me mostraram que desejam dar as mãos e oferecer suas vidas pelo bem das futuras gerações!
Que vocês não irão agir por razões egoístas ou erroneamente!
E prometeram que nunca irão se esquecer destes sentimentos!

Simplificando...
Vocês me mostraram que o nosso mundo...
É ligado ao amor!

Sendo honesto, nem mesmo eu entendi isso ainda...
Mas, com certeza, estou comovido!
Pois acredito em vocês mais do que posso!

PÁG.230

Eu acredito...
Sim, acredito...
Não tenho escolha a não ser acreditar...

Mas se suas convicções forem falsas...
Eu mataria vocês.

Amados...
Essa provavelmente será minha última mensagem a vocês...

PÁG.231

Que nós desçamos ao Mundo dos Desejos e cravemos a harmonia nos registros Akáshicos.
7 de julho.
No momento em que a Via Láctea andar ao lado da esperança, seria fabuloso se vocês pudessem pensar em nós.

Boas vibrações...
E um belo mundo pra vocês!

PÁG.232

Meus caros guerreiros das 12 notas musicais...

UM BRINDE!

E...
ESPERA!

PÁG.233

NÃO PODEMOS BEBER ISSO!
TÁ... TÁ TUDO ERRADO!

Sacrificar nossa vida por um ser superior? Que absurdo!
Tudo que eu queria era andar com vocês!

Princesa boceta! Pare de agir tão infantilmente!

Eu...
Eu também tô com medo...
Seja forte.

PÁG.234

É claro que a pressão social nos influenciou de alguma forma...
Nós deveríamos conversar mais sobre isso...

Como você consegue dizer isso só agora, covarde!?

...Tá bem.

Por quê não damos um intervalo?
É importante que todos nós concordemos com isso.

PÁG.235

Ah, eles seriam a grande sensação dessa geração se eles simplesmente morressem sem suspeitar de nada...
Não é como se isso fosse mesmo mudar as coisas a longo prazo, mas...

Eles estão levando isso a sério, não é?
Hmmm...
Acho que eu deveria dizer que isso é normal.

Mas um grupo de malucos...
Não há porque eles se tornarem racionais tão de repente.

PÁG.236

Que crime estúpido...
Tão sem graça que não tem nem como ficar assustado...

Alô, polícia?

Tô ligando por causa de uma série de assaltos...
Sim, sim... Dois homens. Um barbado, e o outro usa óculos.

Eu acho que os conheço.

Pégaso, também conhecido como Toshiki Hoshikawa...
Se tornou minha antítese desde o dia em que nos conhecemos...

PÁG.237

Ele tentou de tudo pra acreditar nesse nosso mundo imbecil.
Enquanto isso, vivi duvidando constantemente de todos.
Eu nunca consegui me livrar de minhas incertezas...

Sabe, sou um homem possuído pelo "absoluto".
...Mas corações humanos não são nada além de absolutos.

Quanto mais você duvida, mais há do que duvidar e quanto mais você procura pela verdade, mais oculta ela se torna...

...Além disso, eu finalmente percebi. A verdade absoluta é algo que se cria internamente.

PÁG.238

Masuo Seki.
No que você acredita?

sfx: boom

A razão pela qual mostrei interesse em você é simples...
Nós dois temos amigos problemáticos.
Sim, chega a ser ridículo o quanto nossas vidas mudam só de conhecer alguém...
Mas está tudo acabado agora...

PÁG.239

30 de Junho, 11:30.

Quanto melhor uma festa, mais chamativa ela é.
Até o menor dos brilhos pode se tornar uma grande chama que revela a verdadeira natureza das pessoas...

PÁG.240

...Shimizu?

Com licença, moça.

PÁG.241

Não há vagas nos serviços alimentícios, mas há uma no setor agriário.
Com a ajuda do comitê de turismo, eles estão procurando por jovens empolgados!
Eu tenho um amigo que trabalha numa fazenda e adoraria apresentá-la a ele.

É mesmo?

E ainda há vários quartos para uso de empregados.
Parece ótimo, já que você e seu amigo procuravam trabalho, não é?

Hmmm...

PÁG.242

QUE ÓTIMO!

Perdão, senhor...
Mas não será possível assinar o contrato apenas com um cartão de seguro...
E lamento dizer que nossa loja não fornece nenhum tipo de celular pré-pago em caso de roubo...

PÁG.243

...Ah-
Mas se a sua amiga tiver carteira de motorista, não há nenhum problema.
Mas o telefone será vinculado ao nome dela.

Você pode começar preenchendo esses formulários até ela vir.
Agora com licença porque tenho que checar o estoque.

PÁG.244

E continuando as manchetes do dia...
Na madrugada de ontem, na região de XXX...

Um homem vagando em busca de ervas selvagens nas montanhas...
Acidentalmente descobriu o cadáver de uma mulher.

Punpun!

PÁG.245

Segundo a polícia, o corpo foi identificado como sendo o da senhora Mitsuko Tanaka, de 41 anos, moradora da cidade XXX na área metropolitana de Tóquio.
Junto de sinais de estrangulamento, haviam várias marcas de facadas em sua região abdominal, levando a polícia a acreditar na hipótese de homicídio.

E na manhã de hoje, o carro da falecida foi encontrado abandonado na cidade XXX da região de Kagoshima.

À luz do até agora desconhecido paradeiro de Aiko Tanaka, a filha da falecida...
A polícia iniciou uma investigação para encontrá-la, na esperança de dar uma solução ao caso.

folha: Nome - Aiko Tanaka
Endereço
Modelo de telefone Celular desejado
Tipo de identidade

OYASUMI PUNPUN 12 - FIM

PÁG.256

Oyasumi Punpun 12
Inio Asano

Assistentes de fundo:
Satsuki Satou
Hiro Kashiwaba
Ran Atsumori

Ajuda adicional:
Kumatsuto
Yuu Uehara

PÁG.257-258

A seguir... A CONCLUSÃO!

___________________FIM DO VOLUME___________

[Isso aí, agora, até o volume final!]

Have you shown your appreciation today? Click the thanks button or write your appreciation below!

0 members and 2 guests have thanked Nintakun for this release
Comments
Add your comment:

Login or register to comment

Benefits of Registration:
    * Interact with hundreds of thousands of other Manga Fans and artists.
    * Upload your own Artwork, Scanlations, Raws and Translations.
    * Enter our unique contests in order to win prizes!
    * Gain reputation and become famous as a translator/scanlator/cleaner!
No comments have been made yet!

About the author:

Alias: Nintakun
Message: Pm | Email

Author contributions

Translations: 314
Forum posts: 37

Quick Browse Manga

collapse

Translations of this Chapter

Date Chapter Language Translator
Oct 14, 2011 12 br Nintakun
collapse

Latest Site Releases

Date Manga Ch Lang Uploader
Mar 1 MH Yearbook 2013 Mangahe...
Jan 19 MH Yearbook 2012 1 Mangahe...
Nov 14 Houkago 1 Osso
Nov 14 Oragamura 1 Osso
Nov 14 Kenka 1 Osso
Nov 14 101Kg 1 Osso
Nov 14 Murder 1 Osso
Nov 14 Doubles 1 Osso
Nov 14 Pinknut 1 Osso
Nov 14 Kimagure 1 Osso
collapse

Latest Translations

Date Manga Ch Lang Translator
Jul 10, 2014 Gintama 501 en Bomber...
Jul 9, 2014 Hunter x Hunter 346 fr Erinyes
Jul 9, 2014 Naruto 682 en aegon-r...
Jul 9, 2014 Naruto 684 de KujaEx
Jul 9, 2014 Shokugeki no Souma 77 en Eru13
Jul 9, 2014 Shokugeki no Souma 76 en Eru13
Jul 9, 2014 Toriko 284 en kewl0210
Jul 7, 2014 Gintama 500 en kewl0210
Jul 6, 2014 Saike Once Again 1 en Bomber...
Jul 6, 2014 Magi - Labyrinth... 231 en aegon-r...